Diário Angolano

Voltar Está em... Início Opinião

Não conseguem gerir a casa mas pretendem ser poder

poderDivergências no interior dos partidos políticos são perfeitamente normais e nalguns casos, têm até o condão de expressar o nível de maturidade, do exercício democrático e da competência dos seus quadros.

Escrita africana

ondjakiDo portal “Por Dentro de África”, brotou uma entrevista ao escritor angolano Ondjaki, que, entre prosa e poesia, reúne já 26 obras em 36 anos de vida. Dessa janela para o mundo do artista das letras, retenho, entre outras passagens relevantes sobre arte, lusofonia e política, a seguinte:

A bola, o cesto e o Mundo

carlos moraisQue Angola é uma potência no basquetebol africano, já se sabia. Que eles e elas dão cartas, também. Mas, depois da conquista do campeonato africano de Sub-16 em Madagáscar, e do Afrobasket masculino na Costa do Marfim (11.º título), Angola voltou às bocas do mundo da "bola ao cesto" ao vencer, em femininos, o Afrobasket 2013, em Maputo.

Se nós fôssemos portugueses…

se-fossemos ptLer a imprensa de língua portuguesa é sempre um prazer. A lusofonia, que tantos consideram letra morta, está, ao contrário, a dar passos, algo trôpegos, mas factuais, na preocupação com a realidade dos países que falam a mesma língua. E é interessante observar e anotar como, na economia, na política, na cultura, se vão combinando os destinos das várias nações.

Democracia em Angola tem ainda longo caminho a percorrer

democraciaA UNITA esteve reunida em jornadas parlamentares na cidade do Namibe, onde o chefe da bancada parlamentar, Raúl Danda criticou asperamente o governo.

Terrorismo de Estado

terrorismo estadoDesde há muito tempo que temos vindo a verificar um endurecimento da já de si ríspida e tradicional repressão policial (da Polícia Nacional em geral), efectuada sobretudo sobre quem não manifeste adesão ao regime político instaurado desde há quase 40 anos no nosso país.

Movicel continua a violar a LDC e Constituição

movicel“Dê um Alô para todo o mundo com a Movicel”. Esta campanha atraiu milhares de clientes em aderir a este serviço, com o grande slogan: “Por 900 kwanzas fala por 30 minutos”, passados alguns meses as pessoas que aderiram a este serviço, começaram a queixar-se que o mesmo já foi retirado sem aviso prévio.

Acidente ou atentado

acidenteO mundo está prenhe de surpresas. O governo de Angola não foge à regra, pois ele é a própria surpresa Existe uma democracia de jure, mas não de facto, porque as liberdades estão cerceadas e os órgãos de comunicação social públicos apenas divulgam a versão do regime.

Uma demonstração da gritante falta de sigilo profissional

profissionalNão é de agora que muito se tem falado sobre a necessidade do sigilo profissional por parte dos profissionais nas organizações, e de cada organização de uma forma geral. Inúmeras reclamações têm sido frequentes quanto ao segregar informações por parte de muitos profissionais nas organizações, porque cada vez mais vai crescendo o número de pessoas que sentem os seus direitos violados e de que maneira, por profissionais, em muitas empresas que prestam determinados serviços.

A conta geral do estado: considerações gerais

conta geral estado“O orçamento deve ser equilibrado. as dívidas públicas devem ser reduzidas. a arrogância das autoridades deve ser moderada e controlada. os pagamentos aos governos devem ser reduzidos, se a nação não quiser ir à falência. as pessoas devem aprender novamente a trabalhar, em vez de viver por conta pública”, Marcus Tullius, Senador Romano, 55 AC.