Diário Angolano

Voltar Está em... Início Opinião

Riquinho responde: “Quanto á alegada agressão foi apenas um correctivo e não agressão”

riquinho respondeÍntegra da resposta do Sr. Henrique Miguel "Riquinho", sobre a noticia publicada, no caso da suposta agressão do Director Executivo do Jornal Manchete, usando do direito de resposta que a lei confere.

"Portugal vai perder com atitude de subserviência face ao poder de Angola"

pt vai perderNo quadro das relações entre Portugal e Angola, presente e futuro não podem ser encarados da mesma forma. Se, no presente, Portugal pode ganhar com uma cumplicidade com Angola, no futuro o mais certo é vir a “perder”.

A Europa da vergonha

lampedusaMais de 300 imigrantes africanos morreram há uma semana nos mares da Europa que se tornam mais frios nestes meses, com a chegada do Outono. O velho mundo europeu parece ter perdido a cabeça e erguido um muro pior que o de Berlim.

A intenção é boa e os resultados como serão?

franciscoA intenção manifestada pelo Executivo de querer uma maior participação do empresaria do privado na cadeia de valor do sector energético, desde a produção à distribuição passando pelo transporte demonstra bem o interesse que as autoridades têm de mudar o quadro penoso que se vive actualmente. Porém, a falta de políticas de incentivos e de tarifas atractivas que permitam o retorno de capital investido inibe a entrada no sector dos investidores privados.

Angola vs. sectores da economia

norbertoAngola é um país que, ao longo da sua existência, experimentou dois modelos de orientação económica: Economia centralizada e economia de mercado.

Carta ao Governador Bento Bento sobre demolição de Mesquitas em Luanda

carta governadorAO EXCELENTÍSSIMO SENHOR GOVERNADOR DA PROVÍNCIA DE LUANDA

-Com conhecimento:

-Sr. Simão Helena Secretário do Presidente para Assuntos Sociais;
-Sr. Ministro da Justiça e Direitos Humanos;
-Sra. Ministra da Cultura;
-Sr. Ministro do Interior;
-Dra. Fátima Viegas – Directora do Gabinete de Cidadania do CC do MPLA;
-Sr. Administrador do Município de Viana;
-Sr. Director do Instituto Nacional para os Assuntos Religiosos.

Quiosques para as Zungueiras: uma decisão histórica

historicaSobre a questão do Género, alguém vaticinou que "África começava a caminhar pelos pés das mulheres". Não me parecendo ser uma leve constatação, hoje as mulheres africanas, em quase todo o continente, umas mais do que outras, muitas começam a trilhar o caminho das grandes realizações históricas, uma vez imbuídas de poder político, intelectual ou financeiro.

Não conseguem gerir a casa mas pretendem ser poder

poderDivergências no interior dos partidos políticos são perfeitamente normais e nalguns casos, têm até o condão de expressar o nível de maturidade, do exercício democrático e da competência dos seus quadros.

Escrita africana

ondjakiDo portal “Por Dentro de África”, brotou uma entrevista ao escritor angolano Ondjaki, que, entre prosa e poesia, reúne já 26 obras em 36 anos de vida. Dessa janela para o mundo do artista das letras, retenho, entre outras passagens relevantes sobre arte, lusofonia e política, a seguinte:

A bola, o cesto e o Mundo

carlos moraisQue Angola é uma potência no basquetebol africano, já se sabia. Que eles e elas dão cartas, também. Mas, depois da conquista do campeonato africano de Sub-16 em Madagáscar, e do Afrobasket masculino na Costa do Marfim (11.º título), Angola voltou às bocas do mundo da "bola ao cesto" ao vencer, em femininos, o Afrobasket 2013, em Maputo.