Diário Angolano

Voltar Está em... Início Opinião

Asco

ascoEram jovens atraentes, curvilíneas, verdadeiras “capas de revista”, porque nelas algumas tinham posado publicamente.

O cinismo saloio dos dirigentes angolanos

tonetHoje, não sei se escrevo ou passo, apenas uns rabiscos para exteriorizar sentimentos vários que atravessam a minha mente desde o passado 1510, por ocasião do discurso do Presidente da República sobre o Estado da Nação, feito na Assembleia Nacional perante os deputados eleitos em 2012 e a Nação.

Corrupção, prostituição, assassinato – a marca do MPLA

eliasTenho vindo a escrever aqui neste portal denúncias verídicas de pessoas afectas ao MPLA residentes no Lubango, desde pastores à políticos influentes. As informações que envio para serem postadas são resultado de acuradas investigações.

A política orçamental

orçamentalA política orçamental é uma das políticas relevantes para assegurar, nomeadamente, a estabilidade económica no longo prazo. A política orçamental pode também contribuir de forma muito importante para atenuar os efeitos dos ciclos económico sobre as principais variáveis macroeconómicas como sejam o rendimento, o consumo, o investimento e o nível de emprego.

Angola e Portugal, que parceria?...

eugenioO senhor Presidente da República, José Eduardo dos Santos, em discurso pelo Estado da Nação, no início da 3ª sessão legislativa da 2ª legislatura, abordou várias matérias sendo que uma provocou um quase caos institucional nas relações luso-angolanas quando afirmou que nas actuais relações entre os dois Estados o ambiente "não aconselha à construção da parceria estratégica antes anunciada".

Mais um disparate: Resposta ao discurso de Samakuva

mais um disparateO líder do Galo Negro, Dr. Isaias Samakuva, complexado que é e não querendo estar "a leste" da boca e aos ouvidos do mundo, arranjou uma forma - mais uma - de protagonizar mais um facto e fenómeno politico.

Orar… pelo direito a orar

orar plo direitoA II Assembleia Plenária da Comissão Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) decorre por estes dias. 

Pedido de dez culpas portuguesas faz Manchete

pedido des culpaMabunda e Adão Sabonete ficaram surpreendidos com as dez culpas portuguesas, apontadas pelo próprio Manchete, o Rui, que pela primeira vez pisa os pés em Angola, nunca por cá passado a menos para saber quais as verdadeiras dez culpas que os muangolês querem ver ressarcidas, entre as quais, uma delas a mais culpadona, é a própria culpa de haverem colonizado os muangolês durante 5 centenas de anos completos.

Portugal: Emoções no fim da parceria estratégica

pt emocoesO fim da parceria estratégica entre Angola e Portugal tem polarizado (ou polarizou) por esses dias o debate sobre o estado presente, e o que se vislumbra do futuro das relações entre os dois estados.

A controvérsia entre tradição oral e a política africana

controversiaTodo processo escravocrata/colonial, tem sido culpado como a razão pela qual as pragas em África subsistem. A corrupção, a pobreza, os grandes índices de analfabetismo, as guerras, os problemas étnicos e raciais, as doenças, etc.