Diário Angolano

Voltar Está em... Início Internacional Frelimo anuncia nomes de candidatos às eleições locais em Moçambique

Frelimo anuncia nomes de candidatos às eleições locais em Moçambique

frelimoO partido Frelimo, no poder em Moçambique, anunciou a lista nominal de seus candidatos às eleições autárquicas de 20 de Novembro próximo, em todos os 53 municípios do país, inforfma a AIM.

Para o efeito, os vários comités do partido ao nível das cidades realizaram fim-de-semana as eleições internas, tendo a Maputo-cidade, a capital moçambicana, escolhido como candidato a presidente do Conselho Municipal David Simango, actual titular do cargo.

Na Beira, capital da província central de Sofala, depois de eleições bem disputadas, o deputado da Assembleia da República pelo círculo eleitoral da província de Sofala, Jaime Neto, suplantou na segunda volta os seus concorrentes Zacarias Magibire e Mateus Saize.

Segundo escreve o jornal "Noticias", a cidade da Beira elegeu ainda os candidatos a membros da Assembleia Municipal, num total de 88, metade dos quais suplentes.

Em Sofala as eleições internas decorreram também nos municípios do Dondo, Gorongosa, Nhamatanda e Marromeu. Os resultados do escrutínio serão oficialmente anunciados hoje (segunda-feira).

Para Dondo concorreram Castigo Chiutar e Jone Jone. Para Gorongosa, Tomé Miquiato e Moreze Cauzende, enquanto para Marromeu Robat Naqinepesse, Palmeirim Canotilho e Vita Mutimpua. Para Nhamatanda, Manuel Jassa.

Na cidade de Quelimane, Abel Albuquerque foi eleito candidato a presidente do Conselho Municipal, ao arrecadar 27 votos contra 26 do mais directo concorrente Carlos Baptista, numa disputa que contou com a participação de Maria Elisa Lapião e Arminda André.

Quelimane elegeu também os candidatos a membros da assembleia municipal. A província da Zambézia é constituída por seis autarquias, nomeadamente Quelimane, Alto Molocué, Gurué, Milange, Maganja da Costa e Mocuba.

Em Nampula também já foram encontrados os sete candidatos da Frelimo que vão concorrer nas próximas eleições autárquicas. A surpresa vem da cidade da Ilha de Moçambique, onde o presidente da edilidade em exercício Alfredo Matata não mereceu a confiança dos eleitores que apostaram em Side Amur, que acumulou 40 votos contra dez do actual edil.

Na cidade capital provincial, Absalão Adolfo Sueia foi eleito por consenso para suceder ao actual titular do cargo Castro Sanfins Namuaca. O antigo administrador de Malema venceu a corrida com 48 votos contra 28 de Amisse Cololo, seu concorrente directo.

No município de Angoche, o edil em funções, Américo Adamugy, mereceu a confiança dos militantes para a renovação do seu mandato por mais cinco anos e, nas eleições de sábado, o matemático venceu o seu oponente Bernardino Elias por uma vantagem expressiva de 49 votos contra oito.

João Luís e Constantino António, presidentes dos municípios de Monapo e Ribaué, respectivamente, têm mais uma oportunidade para concorrer nas eleições autárquicas de 20 de Novembro próximo, isto porque mereceram a confiança dos "camaradas" com direito a voto ao nível dos comités de zona.

O edil de Monapo concorria com outros dois pré-candidatos, tendo saído vencedor com 32 votos contra 27 de Avelino Paulino Moligeque e cinco de Iossufo Abdul Remane, ambos que ocupam as funções de vereadores no Conselho Municipal daquela vila.

Nunes Martinho, que era considerado forte opositor à candidatura de Constantino António na vila do Ribaué, não conseguiu a sua eleição.

A única candidatura que mereceu unanimidade dos membros do comité da cidade do partido Frelimo foi a de Rui Song San, ao nível da cidade de Nacala-Porto. Ruças, como é tratado nos meandros do negócio naquela cidade portuária, viu a candidatura do médico gineco-obstetra e director do Hospital Distrital de Nacala, Cachimo Malina, ser retirada a seu pedido.

Na nova autarquia de Malema, Ângelo Jerónimo, jovem e natural daquela vila considerada celeiro da província de Nampula em razão do seu elevado potencial no domínio agrário, venceu a oposição de Rosa Maiopuè.

Na província de Maputo, as eleições terão lugar esta terça-feira, em virtude no fim-de-semana, esta parcela do pais ter acolhido a visita do Chefe de Estão, Armando Guebuza, em presidência aberta e inclusiva.

Em Inhambane, Benedito Guimino conseguiu a eleição para concorrer para a sua própria sucessão em Novembro, enquanto na Maxixe a Frelimo aposta no antigo primeiro secretário da Frelimo, Simão Rafael. Em Massinga, Clemente Boca, actual titular do cargo, é a aposta da Frelimo.

 

África 21, 26 de agosto de 2013

Voltar
Por favor faça login para comentar
  • Nenhum comentário encontrado